Cia Teatral Crepúsculo apresentou “Seven – O Circo dos Números Naturais” no Parque Aggeo Pio Sobrinho

2ª Balada do Crepúsculo promove alegria, paz, harmonia e a diversidade é o ponto alto da festa
abril 11, 2016
Desfile inusitado da Crepúsculo Models causa furor e é sucesso na passarela do Crepúsculo – Centro de Desenvolvimento Humano
abril 13, 2016
Exibir tudo

No dia 03 de abril de 2016 a Cia Teatral Crepúsculo se apresentou no Parque Aggeo Pio Sobrinho, localizado na Avenida Professor Mário Werneck, 2691, Bairro Buritis com o espetáculo “Seven – O Circo dos Números Capitais”.

Em mais um domingo de espetáculo, um bom público, formado não somente por crianças, mas também por muitos adultos, pode se divertir com o espetáculo circense palhacístico da Cia Teatral Crepúsculo, “Seven – O Circo dos Números Capitais”, com os palhaços Plock, Cláudio Márcio e Madureira, Luciane Kattaoui.

S2

Os dois palhaços vivem cenas que tratam de um assunto bastante sério e polêmico, lançando mão de várias linguagens do circo, para parodiar os pecados capitais cometidos pelos palhaços, de uma forma suave, lírica e espontânea. Utilizando-se do lúdico eles colocam as questões de uma forma seriamente humorística. A peça é uma grande bobagem e por meio do riso se discute os pecados. Os palhaços mantêm a esperança e sua força reside precisamente nesse espírito positivo que faz converter os erros em triunfos. Para os palhaços, o erro e o fracasso são divinos e podem ascendê-los ao céu.

Os palhaços Plock e Madureira conseguem arrancar risos de pessoas de diversas idades e estilos diversificados. Esta constatação prova que alegria e bom humor são sempre bem-vindos e que independente de classe social, crença, ou qualquer característica individual ou coletiva, o mundo palhacístico e circense nunca perderá sua magia e encanto mesmo com toda tecnologia existente no mundo.

Esta constatação é comprovada na fala de Luciane, Terapeuta Ocupacional e moradora do Buritis: “Fico muito feliz de participar desse espetáculo aqui tão pertinho da minha casa no Buritis onde tem bastante crianças que precisam ter o contato com o artista de rua. Eu valorizo bastante e conheço a Luciane Kattaoui há vários anos, e sigo o trabalho de apresentações em rua que traz consigo um maior contato com as pessoas. E fico muito feliz do Buritis acolher este tipo de espetáculo.

Sobre a temática abordada no espetáculo “Seven – O Circo dos Números Capitais” Luciane afirma: “Achei uma maneira leve de trabalhar os sete pecados. O espetáculo, se pensarmos bem, foi direcionado para os adultos e quem ficou ligado deve ter percebido a temática da encenação. Eu achei isso bem interessante”.

 

 

Por Elmo Gomes

Para verem todas as fotos acessem o link abaixo:

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1779962775568451.1073741894.1404749629756436&type=3

Os comentários estão encerrados.